9 de mar de 2011

O fenômeno da intolerância religiosa

O fenômeno da intolerância religiosa :

produtor de novas identidades sociais no

interior da religião afro-brasileira
 
 
Álvaro Roberto Pires


Doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC -SP), docente do Depto. de Sociologia e Antropologia da UFMA, Programa de Pós -Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) – Brasil.


RESUMO:

                 A sociedade brasileira tem presenciado nos últimos anos a proliferação de um fenômeno que nos remete diretamente ao período de instalação dos terreiros que compõem a religiosidade afro-brasileira em diversas cidades e capitais: a intolerância religiosa. Os terreiros de candomblé, tambor de mina, umbanda, e outras manifestações desta religiosidade tem recebido ataques das religiões neopentecostais, na tentativa de desqualificar a importância das primeiras no conjunto da cultura brasileira. As ações preconceituosas contra sacerdotes e sacerdotisas, além do povo de santo, tem ocasionado a necessidade da construção de novas identidades sociais e religiosas com o intuito de enfrentar o posicionamento xenófobo assumido pelas religiões pentecostais em nosso país. Hoje se faz necessário que nossos sacerdotes e sacerdotisas da religiosidade afro-brasileira posicionem-se como competentes zeladores das divindades de origem africana e afro -brasileira, como também possuam um discurso político articulado com os movimentos negros e demais instituições desejosas de construir liberdades reais para a pop ulação negra e mestiça em todos os níveis da vida produtiva. Por outro lado as instituições e gestores do Estado brasileiro tem a imperiosa missão de observar as fundações de formação da cultura brasileira visando a construção de ferramentas que possam otimizar uma práxis inclusiva na esfera pública. O presente artigo pretende discutir tais questões no sentido de fomentar o debate.



PALAVRAS-CHAVE: intolerância religiosa, identidades sociais, religião afro -brasileira, esfera pública.


OBS:
O texto completo pode ser encontrado na Revista África e Africanidades pelo endereço eletrônico:

http://www.africaeafricanidades.com/documentos/O_fenomeno_da_intolerancia_religiosa.pdf


Nenhum comentário:

Postar um comentário