18 de ago de 2010

MESTRE HUMBERTO

HUMBERTO DE SOUZA
(Mestre Humberto)

Alto, esguio e elegante. Vestido com uma bata africana por sobre a calça vincada.. Nos pés sapatos lustrosos e na cabeça ,um eketê , chapéu que reforçava imagem ligada a sua ancestralidade afro descendente. Olhar manso e sagaz.. Sempre disposto a informar algo que dominava em seu vasto conhecimento. Ninguém sabe em quantos idiomas se expressava. Lembro-me, em 1971 estávamos tocando em um espetáculo , no Espírito Santo, apareceu um chinês e eles conversaram por longo tempo no idioma do recém chegado. Nesse longo tempo que nos relacionamos eu o vi conversando correntemente, em espanhol, inglês, francês , alemão,Russo, árabe,chines ,Yorubá e quimbundo. Além do conhecimento de jurisprudência, por força da sua formação e atuação como Advogado, Compreendia e vivia a linguagem dos tambores., tocando com sensibilidade, conhecimento e vigor os atabaques em espetáculos, manifestações populares e religiosas.

Nas Casas de Santo, quando chegava, os atabaques dobravam, anunciando a sua presença. A homenagem só cessava quando ele colocava a mão sobre o Ruw, o tambor grave que pontua a historia dançada pelo orixá e cantada pelo Ogã.. Em seguida, já incorporado à pequena Orquestra (gâ, agogo, afoxé,Ruw, ruw-pi e Lê), puxava um canto e assumia um instrumento, dando prosseguimento a cerimônia religiosa . Os Orixás, Yalorixá, Yákerês, ekédis, Abians, abiaxés , abikus e presentes se revigoravam nos cânticos , toques e danças executados nos espaço sacralizado.

Mestre Humberto, chamado pelo nome de Balogum ( Obalúàyé guerreiro) no universo sacro afro brasileiro, tinha o cargo honorífico de OIYÊ , estando próximo a se consagrar OLUÔ que é o sacerdote conhecedor do oráculo de IFÁ e que entre os Yorubás é designativo dos chefes dos Babalaôs.Entre outras importantes atribuições, cabe ao Sacerdote de Ifá, através de consulta ao oráculo, determinar quem deverá ocupar a direção das Casas de Santo.

Mestre Humberto se foi na sexta feira 13 de agosto aos 70 anos de idade, deixando saudade. A partir de agora fará parte cosmo e certamente será BABAEGUM. Um guardião a mais habitando o ORUM.



Texto de Carlos Negreiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário