24 de jun de 2010

Mapeamento das Casas de Religiões de Matriz Africana no Rio de Janeiro

Mapeamento das Casas de Religiões de Matriz Africana no Rio de Janeiro

Conselho Griot

A Pesquisa de Mapeamento das Casas de Religiões de Matriz Africana do Estado do Rio de Janeiro tem o objetivo de visibilizar o quantitativo de Terreiros de Umbanda e Candomblé presentes no Estado com a perspectiva de que este resultado possibilite a construção de Políticas Públicas efetivas que beneficiem este segmento religioso e também o seu fortalecimento na luta pela liberdade religiosa através da construção de uma cultura de Paz criando mecanismos na defesa contra a violação de direitos frequentemente sofrida pelas casas de religiões de matrizes africanas, compreendida como sistêmica, orquestrada e absolutamente estratégica enquanto prática de racismo com finalidades políticas e econômicas.
Esse projeto é a primeira materialização da desejada integração de movimentos sociais atuais, suas territorialidades, conteúdos e práticas já trabalhadas em pesquisas anteriores através do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente - NIMA e Núcleo Interdisciplinar de Reflexão e Memória Afrodescendente - NIREMA/PUC-RIO. Sua grande inovação é a construção de uma base documental qualitativa através de um trabalho de campo sistemático para que esta seja mapeada utilizando-se a tecnologia do Global Positioning System —GPS—, que permitirá diferenciadas leituras das territorialidades humanas integradas às suas paisagens correspondentes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário